01:50:13 Sábado, 22 Julho 2017
Pouco Nublado

14°C

  • Paços de Ferreira

Falar de indústria de mobiliário é falar de Paços de Ferreira, cidade e concelho do distrito do Porto, onde se concentra a maior quantidade de empresas deste sector (cerca de 4000 empresas e 35 mil trabalhadores) e que, por isso, é conhecida como a “Capital do Móvel”.

As exportações de mobiliário, que actualmente rondam os 80%, têm aumentado de ano para ano. As empresas deste sector, incluindo as de Paços de Ferreira, exportam não só para a Europa (Espanha, França, Itália), mas também para países tão distantes como Coreia do Sul, China, Brasil, Rússia ou Estados Unidos da América. A conquista de novos mercados tem sido uma aposta ganha, que visa também atrair turistas a Paços de Ferreira, uma vez que a aquisição de mobiliário neste concelho é mais acessível do que em qualquer outro ponto para onde exportem.

Neste concelho situam-se grandes empresas de mobiliário, como a AM Classic. Fundada em 1962, a AM Classic é reconhecida, em mais de 40 países em todo o mundo, pelos seus produtos de alta qualidade, onde apenas é utilizada a melhor madeira para produzir mobiliário de estilo inglês e francês, que pode ser adaptado ao gosto e à medida do cliente. Fabricados por trabalhadores com vasta experiência e conhecimento, os produtos são únicos e ainda de maior valor devido aos acabamentos à mão. Esta empresa participa nas feiras internacionais mais importantes, a fim de apresentar as suas últimas colecções, satisfazendo os desejos até dos consumidores mais exigentes. Rafael Nadal, tenista reconhecido a nível mundial, escolheu para a sua casa, em Marbella, mobiliário português da AM Classic. Os móveis desta empresa portuguesa também estão na lista de preferências do exército norte-americano.

A Associação Empresarial de Paços de Ferreira realiza uma grande mostra de empresas do sector, designada “Capital do Móvel”. Neste certame, as empresas dão a conhecer as suas colecções, estabelecem contactos e fazem negócios. Esta é mesmo a maior feira de mobiliário do país.

Paredes, concelho limítrofe de Paços de Ferreira, também pertencente ao distrito do Porto, é o grande concorrente neste sector. É aqui que se situa a segunda maior fábrica de mobiliário de Portugal (a seguir à multinacional IKEA), a WoodOne, líder nacional em mobiliário escolar. Esta empresa, que conta já com 60 anos, exporta para países como Inglaterra, França, Espanha, Moçambique, Angola, Kuwait, Qatar, entre outros.